Não se apavore não
Sem ter razão
Não deixe o coração
Bater à toa
Não desperdice o ar
Respire devagar
Há tanta alegria em cada partícula

Se comemora
Se autonamora
Estamos vivos, de barriga cheia
Somos sentimentais
Já sofremos demais
Há tanta tristeza em cada notícia

Não existe culpa
Não existe solidão
Fecha os olhos e se deixa
No mundo
Deliciar os astros
No mundo
Deliciar os astros
No mundo
Deliciar os astros

Vídeo incorreto?