A minha meia colorida
E a minha foto já vivida
Tá na estante
A minha bandana amarrada
E a minha desculpa esfarrapada
É tão falante

Quando sai o Sol eu canto
Mas eu sei que eu toco tanto
A nota incerta
Mas é que eu corro o tal do risco
Eu como, eu compro disco
Em oferta

Eu falo até igual
Mas saiba não é ilegal
O ato pra agir
Eu amarrei o meu cadarço
Ah, eu troquei o velho espaço
Ao teto frágil

Quando saio
Eu subo, eu canto
Mas eu sei que eu toco tanto
A nota certa
Mas é que eu corro o tal do risco
Eu como, eu compro disco
Em oferta

Eu amarrei o meu cadarço
Ah, eu troquei o velho espaço
Ao teto frágil
Mas é que eu corro o tal do risco
Eu como, eu compro disco
Em oferta

Vídeo incorreto?