Depois desse trabalho feito
Depois da obra terminada
Depois que toda essa vontade
Fica desacorrentada
Depois de ter o bom combate
Depois de dar o xeque-mate
Depois que a avidez se acaba
E o cansaço nos abate

Restará depois da chuva forte
A vontade de voltar pra casa
Pra sentir aquela luz
Que eu trouxe aqui
Dessa luz que nunca é só minha
Que podia bem brilhar sozinha
Mas prefere a vela
Desse coração mortal

Depois desse trabalho feito
Depois da obra terminada
Depois que toda essa vontade
Fica desacorrentada
Depois de ter o bom combate
Depois de dar o xeque-mate
Depois que a avidez se acaba
E o cansaço nos abate

Restará depois da chuva forte
Os pedaços das palavras doces
Semeados no fundo
De cada coração
Restarão também canções perdidas
Nos olhares dessa despedida
E os excessos de nós mesmos
Pelo chão

Leva minha canção
Leva bem guardado assim no peito
Pedaço a pedaço dessa luz
Leva meu coração
Que depois da chuva se renova
De novo a serviço do Senhor

Restará depois da chuva forte
Os pedaços das palavras doces
Semeados no fundo
De cada coração
Restarão também canções perdidas
Nos olhares dessa despedida
E os excessos de nós mesmos
Pelo chão

Leva minha canção
Leva bem guardado assim no peito
Pedaço a pedaço dessa luz
Leva meu coração
Que depois da chuva se renova
De novo a serviço do Senhor

Vídeo incorreto?