Quanto mar que cabe em mim
Lanço-me sem ver
Onde os pés não podem ir
Parto sem saber
Quero adormecer ouvindo tua voz

Quantas noites meus amores
Fico a proteger
Em meus pensamentos mansos
Guardo tudo, um bem
Quando enfim buscar do alto a voz
Quando amanhecer e houver amor
Quandos as mãos tocarem o céu
Algo vai acontecer

Que tua paz invada
Que teu bem me afronte
Que tua verdade encontre enfim lugar em mim (3x).

Que tua paz invada
Que teu bem me afronte
Que tua verdade encontre enfim lugar...

Vídeo incorreto?