É a gente sobe o rio
Pra ver o que há por cima do vento
Só eu e o meu barco a lhe esperar

É a gente desce o rio
Pra ver o que há no fundo do leito
Talvez dentro do peito há um coração

E sempre haverá um rio
E sempre estará Você
Do outro lado do leme a me esperar

E sempre haverá um fim
Feito um desaguar no mar
Como posso não sentir-Lhe
Se meu barco só leva a Você


É a gente desce o rio
Pra ver o que há no fundo do leito
Talvez dentro do peito há um coração

E sempre haverá um rio
E sempre estará Você
Do outro lado do leme a me esperar

E sempre haverá um fim
Feito um desaguar no mar
Como posso não sentir-Lhe
Se meu barco só leva a Você

Vídeo incorreto?