No mar azul da Costa Norte
Esqueço o que ouvi falar do vento forte
Que joga areia no olhar
E que sorte é mais que a morte
Que vem muito devagar

Da areia branca tão alvinha
Quentinha como a luz solar
Que nela é vida
É vida bela e e cai no mar e purifica o ar
Que respiramos pra poder lutar
E nela andar

Então eu surfo pra manter a mente limpa
Eu dropo as ondas pra tentar chegar
Então eu surfo pra manter a mente ativa

No mar azul da Costa Sul
Esqueço o que eu ouvi falar do vento forte
Que joga a areia no olhar
E que a sorte é mais que a morte
Que vem muito devagar

Da areia branca, tão alvinha
Quentinha como a luz solar
Que nela é vida
É vida bela e cai no mar
E purifica o ar
Que respiramos pra poder lutar
E nela andar

Então eu surfo pra manter a mente limpa
Eu dropo as ondas pra tentar chegar
Então eu surfo pra manter a mente ativa

Vídeo incorreto?