Deixa te levar


Deixa te levar
pela loucura de um beijo.
Deixa te apanhar
pelo doce de um te quero.
Deixa a paixão
abraçar todo teu corpo.
Leva o coração,
leva o coração
em tua mão sempre aberto.

Deixa te levar
quando você ame em silêncio.
Deixa te enganar
pelo lindo de um conto.
Tomada o desamor
e llévalo mar dentro.
Trata de esquecer,
trata de esquecer
a quem te enganou primeiro

Deixa te levar,
que a vida em breve passa.
Deixa te levar,
ou a vida se te escapa.
E mirame a mim,
e mírame a mim,
que faz pouco te perdi,
e como se nada.

Deixa te levar
ao lugar de um sorriso.
Deixa te enganar
por uma boa mentira.
Deixa de chorar
por quem não vale a pena.
E ponte a cantar,
e ponte a cantar,
porque não há logo que
que por bem não vinga.

E mirame a mim,
e mírame a mim,
que faz pouco te perdi
e não me tem passado nada.