Correndo apressado pelas lotadas calçadas do centro da cidade
Av. Rio Branco com Presidente Vargas
Transeuntes vagam, lado a lado, com pedintes
O negócio é o seguinte
Seus limites só você poderá descobrir

Alone, alone, alone, the lonely people

Ela me disse que depois do expediente seria minha
Como é quente o sol quando desce rente à linha do horizonte
Antes de ontem, quando comecei a conhecê-la, não imaginava que essa bela
Dilaceraria minha tarde de sexta e sábado, enfeitiçado e sabe-se lá porquê
Alone, alone, alone, the lonely people

É por essas e outras que ando assim cabisbaixo
Desiludido, meio pancado das idéias, meio ferrado
Nem as velhas meretrizes de outrora poderão
Compreender minha aflição

Nãnãnão

Alone, alone, alone, the lonely people

Vídeo incorreto?