Vento que balança o coqueiral da vida
Choro na estação, mais uma despedida
O trem do coração na hora da partida vai levar
O beijo da ternura que eu guardei para te dar

Chuva passageira vem molhar a minha dor
Lava essa poeira do meu peito sonhador
Remove essa paixão que cresce dia-a-dia dentro de mim
Floresce o roseiral que está morrendo em meu jardim

Coisas espalhadas sobre a mesa
Discos espalhados sobre o chão
Flores desbotadas de incerteza
Sinal que a saudade já chegou no coração

Vídeo incorreto?