Bella senz'anima (tradução)


E agora sente
naquela cadeira.
Desta vez me escute
sem interromper.
Há muito tempo que
queria dizer isso:

Viver junto com você
foi inútil.
Tudo sem alegria,
sem uma lagrima.
Nada para acrescentar
nem para dividir.

Na sua armadilha
cai também eu.
Avante o próximo,
lhe deixo o lugar meu.
Pobre diabo
que pena me faz.

E quando na cama ele
pedirá mais.
Você o concederá
porque faz assim.
Como sabe fingir
se lhe convém!

E agora eu sei quem você é
e não sofro mais.
E se virá no outro quarto
o demonstrarei.
E desta vez você
se lembrará.

E agora tire a roupa
como sabe fazer você.
Mas não se iluda
eu não me deixo enganar mais.
Você terá saudade de mim
bela sem alma.

na na na na na....