Atrás deste monte tem uma cidade
Com casinhas brancas, casarões, moças nos portões,
Velhos nas janelas, e a velha maria fumaça,
Descansa na praça escutando a bandinha,
Tocar valsas e canções nos corações dos jovens namorados.

Atrás deste fumaça tem uma cidade,
Com crianças no meio da rua,
Brincando com a lua contando segredos
E os velhinhos nos bancos de jardins assistem
Ao fim de mais uma tarde.

Atrás deste monte tem uma realidade
Casinhas brancas, pichadas palavrões, pecados nos portões,
Fracassos nas janelas, e a velha maria fumaça,
Assiste as desgraças no meio da praça e a bandinha,
Faz um fundo musical a mais um funeral
De quem cansou de viver.

Atrás deste fumaça tem uma realidade,
Policias e ladrões, trancas nos portões,
Grades nas janelas,
E os velhinhos bêbados nos bancos
De jardins assistem seu fim.

Atrás deste mundo tem uma cidade
Jesus quem construiu quando subiu
Naquela cruz e o caminho nos ensinou
O amor, ah o amor.

Vídeo incorreto?