O meu amor é a luz de uma estrela no céu azul a brilhar
Ele é paz que traz pra natureza a beleza do lugar
O meu amor se mostra em correnteza
Nas águas que formam rios que vão desaguar no mar

Ele é tão forte como os ventos
Que sopram entre as árvores em um semblante cantar
O meu amor é o sol de alvorada
Que nasce ao pé da serra para o dia clarear

Ele é como o ipê florido que encanta a verde relva
Na clareira a destacar
O meu amor é a onda que arrebenta no rochedo e faz "chuá"
Ele é força de um raio infinito que faz a nuvem trovejar

O meu amor é o romper da lua cheia
Que nasce atrás dos montes para a noite iluminar
Ele é como a flor do campo que enfeita o cerrado
Num eterno perfumar

O meu amor é água cristalina
Que desce na cascata pra no vale descansar
O meu amor é este mundo com certeza, é amor por natureza
Que devemos preservar
Ele é este mundo com certeza, é amor por natureza
Que devemos preservar

Vídeo incorreto?