É de manhã, ou então à tardezinha
Com meu cavalo, saio para passear
Pelos campos, nos trieiros da estradinha
Vou ouvindo os passarinhos a cantar

O meu cavalo como a neve é branquinho
Ele é veloz quando está a galopar
No seu lombo vou montado agarradinho
Sentindo o vento no meu rosto a refrescar

Quando monto em meu cavalo
Eu viajo até o céu
Quando monto em meu cavalo
A Vida é doce como mel

Somos tropeiros no trabalho da fazenda
O gado, sempre juntos, vamos apartar
Como parceiros no rodeio da arena
O troféu de campeão vamos ganhar

Sou muito rico eu sou o "Peão de Ouro"
Na prova do laço, sou o Grande Laçador
Seja loira ou morena eu dou no couro
Namoro muito, eu sou um "Cowboy do Amor"

Quando monto em meu cavalo
Também apronto um escarcéu
Quando monto em meu cavalo
Vou do infinito até o léu

Vídeo incorreto?