Olhei no espelho e não vi nada
Não tenho forças nem mesmo estrada
O sol não brilha e eu sou deserto
Não sinto fome e aqui está tão frio
O chão me falta é meu abismo
Estou caindo e a minha vida por um fio
Não tenho planos esse é o futuro
E o meu presente é lembrar do que passou
Mas a lembrança é a esperança de voltar
A viver os momentos que tivemos
E enquanto houver a esperança eu vou viver
E sonhar
Preciso tanto de você meu bem
Pra que lutar contra o querer que se tem
Juramos juntos o mais puro amor
Fomos sinceros
Vem comigo aonde eu for

Vídeo incorreto?