Pai,
Eu choro na tua presença
Vem aqui me buscar mais esta benção
Quando a minha força é pequena
Tu és grande pra grande segurar

Pai,
Me ajude só mais esta vez...
Nem que seja a última vez...
Sei que nesta provações,
Não permitirá que eu sofra
Mais do que eu possa suportar

Ergo as minhas mãos ao Teu altar
Como uma ensala ao pai
Eu também aseio, ter cada vez mais
Um milagre Teu perto de mim

Ergo a minha voz pra Te louvar
Como um grito preso pra querer voar
Vem ao meu encontro,
Vem me consolar...
sei que tua mão me sustentará

Vídeo incorreto?