Já desde menino, esse meu destino, pai sabia qual era.
Mesmo que eu andasse por qualquer atalho, eu acabava em você.
Minha mãe orava, e me implorava, filho vai estudar.
É grande a corrida, ser alguém na vida eu até que tentava.
Mas a batucada, na levada me envolvia.
Já tava traçado, deus mandava e eu seguia.
O som do pandeiro era minha sinfonia, fui batucar.
Ao som da viola fiz a minha melodia.
Cavaco chorando, e eu sorrido de alegria.
Me perdoe mãe, não foi do jeito que queria, mas me formei, na escola de samba.

Foi no samba...
Que eu nasci, e cresci, hoje eu sou alguém.
É no samba...
Que eu consigo expressar tudo que já passei
Foi com samba...
Sou feliz ao teu lado e pra sempre serei, contigo me sinto um rei.

Vídeo incorreto?