Três porquinhos com o mesmo ideal:
Não serem devorados pelo lobo mal

Sou o porco da função, malandrão que só
No lobo dei um nó, meu irmão, tenho dó.
Trabalha chuva e sol, pode crê, prevenindo
Pra mim é marcolino, denomino Zé porquinho
Prefiro um joguinho, uma flauta
No sol ou na chuva, eu prefiro estar na praia
Minha casa é de sapê, tem que vê, mó da hora
Lá a festa rola, o lobo nem cola
O dia amanhece e o descanso prevalece
Falaram em trabalho? O quê? Esquece
Minha vida é gandaiá de role, só brincar
Cantar, zoar de baile em baile, dançar
Mas, quando ele chegar, prevenido eu vou estar
Minha mala eu vou armar, com meu irmão vou morar
Então, pode chegar, gritar, soprar.
Seu ditado bico seco, porque eu não vou estar.

Refrão

Eu sou aquele porco meio sossegado.
Pra mim tanto fez, tenho meu barraco
Estão dizendo que o lobo está rondando a área
Se até a casa de palha do meu irmão foi derrubada
Estou seguro Ah... E ele está comigo
Tocando a sua flauta e eu o meu violino
Eu tiro mó barato do meu irmão tolo.
Se mata aí, peão, com sua casa de tijolo
Minha cara é sair, curtir, se divertir
Não quero nem saber de trabalhar, é isso aí
Toc, Toc, Toc, ih... Pintou sujeira
Será que é o lobo na porta? Aí, mano, nem esquenta
Em pele de cordeiro tentando nos enganar
Com a sua cara feia, pronto pra nos atacar
Pode estufar o peito soprar oh... Coitado
Não tenho medo de você e seu ditado.

Refrão:

Ri de mim, agora vem aqui
Tudo bem, não to nem aí
Entra rapidinho,
Se não vai virar ensopado de porquinho
Eu avisei não quiseram me escutar
Palha e madeira não iriam agüentar.
Com o lobo rodeando, cuidado teriam que tomar
Estou bem, mais de cem tijolinhos, protegido
Não corro mais perigo eu tenho meu abrigo
Estou pro que der e vier, conte sempre comigo
Há, Há, Há, ih... Pode assoprar
A chapa aqui está quente, chaminé não adianta
Ameaças, promessas, sopros
Prevenido eu fiz de tijolo
Não tenho medo do seu ditado
Quero ver a minha casa derrubar.

Refrão:

Ai mano, esse lobo ele vem disfarçado
Em forma de liquido, fumaça ou pó
Vários disfarces pra te deixar só
Na agonia, trocando a noite pelo dia.
Desarmonia com o pai, com a mãe, com a família.
Se liga, mano; se liga, mina; vamos se ligar.
O lobo está em todo lugar.

Vídeo incorreto?