Às vezes paro e me pergunto
Porque foi que a vida fez comigo assim
Encheu de flores meu caminho
Mas sobre os espinhos não falou pra mim

Nos meus sonhos inocentes
Plantou a semente
De um amor tão louco
Mas não me disse a verdade
Que a felicidade durava tão pouco

Passou um redemoinho pelo meu caminho
E te levou daqui
E essas águas que passaram
Meus sonhos levaram, nunca mais te vi

Hoje lembro com saudade
Da eternidade que a gente jurou
Pena que veio o inverno
E o amor eterno quase não durou

Já procurei por você
Mas as cartas na mesa
Acenam pra mim com sinais de tristeza
Não sabem dizer se você vai voltar

Ah! Esse tal de destino
Não foi meu amigo
Brincadeira boba que ele fez comigo
Te trouxe por que?
Se era pra te levar

Vídeo incorreto?