Felicidade
É ver o sol na minha terra
Se escondendo atrás da serra
Com seus raios cor de ouro
A passarada
Cantando em sinfonia
Motivo de poesia
Que pra mim vale um tesouro

E no crepusculo da tarde avermelhada
Na montanha, a pintada
Alimenta os filhos seus
E o joão-de-barro
Que não dorme no relento
Fecha o seu aaprtamento
e descansa como eu

A lua branca
Iluminando a serra
É de dar inveja
Ao resto do país
Longe da roça
Morro de tristeza
Pois, é a natureza
Que me faz feliz

Noite de lua
Tem coruja na porteira
Sucuri na corredeira
Tem curiango na estrada
Tem serenata, violeiro apaixonado
Com seus versos rimados
cantando pra sua amada

Tem vela benta
Quando vem o temporal
Simpatia contra mal
Benzedeira, sim senhor
Tem lobisomem
Se a gente acredita
Mas se a casa for bendita
Tem saude, paz e amor.

Vídeo incorreto?