Max e pi novamente
Em alta velocidade
Odiado, cinza e prédios o transito da cidade
Rap de verdade
Ambiente urbano
O que importa é a idéia não se é playboy
Ou se é mano
Se não me engano escrevo apertado e engarrafado
No busão faço canção,
O sol,
Baixa a pressão.

Então, a inspiração
Eu tiro lá do certão
No interior é diferente eles tem outra visão
Daí faço mensão ao povo
Trabalhador
Que acorda cedo e trafega de charrete ou de
Metro

Quebrando preconceitos como o bob
Seja de lã seja malha
Rap é trampo não só hobbie
Quem aguenta nosso mundo merece trofeu
Eu tiro o chapel
Vou na viola tipo vitor e léo, weel
Mas que max e pi,
Aqui é matheus e filipe
E temos pique
Tamos kite
Faço hit, hit hit

Vê o caipira velho,
Tomo cachaça de roia
Vê o caipira veio,
Ando descalço no meio das "foia" (folhas) (2x)

Como disse bem o max,
Eu crio sempre hit
Então aumenta o som
Pois "tamo" junto no repeat
Faço rap levo a sério,
Falador não me imite

Ele é o matheus e prazer,
Eu sou o felipe da capital
No interior levo respeito brow
É amor e tá no peito
A contra flow

Tem uns parceiros que,
Já risquei da minha lista
Fica puto pela grana
Mas acaba tudo em pizza
Pega o mike e fala
Alo alo,
Que belo teste e eu to falando sério
Pega carapu se veste

Logo a base do rap,
To me sentindo "mó" bem
E pra relaxar,
To me sentindo "mó" bem

Você falou do dilan,
E é claro que eu sou marley,
Ilusão do rap ter dinheiro e pilotar
Uma harley.

Nessa vida louca cada um faz sua escolha
E eu sou caipira velho
Tomo cachaça de roia

Vê o caipira velho,
Tomo cachaça de roia
Vê o caipira veio,
Ando descalço no meio das "foia" (folhas) (2x)

Vídeo incorreto?