A minha liberdade eu vivo em segredo
A minhe segurança me cerca pelo medo
O seu bem hoje me faz mal
Eu vou levando a vida
Olhando para os lados
Sigo o meu caminho com os passos apressados
Não sei, vou levando assim

Se o teu pensamento é justamente o inverso
Te ataco com idéias transformadas em versos

Pra que me calar se não me sinto bem
Pra que me deter se eu já sou refém do seu mal
Pra que enxergar se eu não vejo o sol

Levando a minha vida olhando para os lados
Siguindo o caminho
E os passos apressados, não sei
Se vai ser bom pra mim

Se o teu pensamento é justamente o inverso
Te ataco com idéias transformadas em versos

Pra que me calar se não me sinto bem
Pra que me deter se eu já sou refém do seu mal
Pra que enxergar se eu não vejo o sol

Vídeo incorreto?