Dois filhos para criar
Sem saber o que fazer
Imaginando o que os moleques iriam comer
Começou a fechar com os caras da correria
Pra não deixar os moleques a desejar mais um dia
O papo logo foi reto
Decide de uma vez
Fechou com nós vai praticar o artigo 33
Ela pensou no marido, 10 anos para marchar
Não estudei, não tenho curso, então vou traficar
Aperto no coração
Tristeza não vai embora

E aquela história, que nunca sai da memória
Eu entrando no presidio, com droga de montão
Fortalecendo meu marido lá na detenção
E os vermes revistando, mandando tirar roupa
Só quem conhece sabe que essa vida é louca
Na fila da visita eu sei que vão me humilhar
A dor mais forte é quando vejo você chorar

Atravessava vários bumbas pra ele me ligar
E com os irmãos de fora poder se comunicar
To correndo o grande risco de estar como você
Se não for desse jeito então me diz como vai ser
Seus calibres eu vendi, pras crianças comer
Sua liberdade vai cantar, seus filhos vão te ver
As mulheres tem muita disposição
Prontas pro arrebento

Quando seu marido estava na prisão
Ela aguentou o sofrimento
As mulheres tem muita disposição (muita disposição.)
Prontas pro arrebento
Quando seu marido estava na prisão (seu marido estava na prisão.)
Ela aguentou o sofrimento

Vídeo incorreto?