Elas dizem que tá bom,
E neguinho desacredita,
Quando viu bateu o som,
Os moleques são de floripa,
A pista sente a pressão,
E rapidinho se agita,
E quer saber da onde é que são,
Os moleques são de floripa. (2x)

É festa, chega junto pra saber o que vira,
Ela até se instiga os moleques são de floripa,
Já liga não to de onda,
Mas quer saber é muita responsa,
E dizendo, corre sem preconceito,
Vamos, se ta dançando,
Porque o rap é do bom,
Tá voando com pé no chão
Meu mundo é sem solidão,
Supera problema,
Não existe, ta no calibre,
Dividi e insiste,
É loco vai liga no beat,
Vamos só pra saber onde chega esse som,
Na antena, na arena, radio,
Vai de quem discute sagaz,
Não emitiu mais de mil tenta ser gentil,
Mas não conseguiu,
Ela se ligo, que é nois,
Grita com vida, não nega a voz,
Mas qual o mais veloz, tem disputa,
As locas destrói, ta vendo sim,
Ta fervendo eu to vendo,
Que delicia brow, essa mina veneno.

Elas dizem que tá bom,
E neguinho desacredita,
Quando viu bateu o som,
Os moleques são de floripa,
A pista sente a pressão,
E rapidinho se agita,
E quer saber da onde é que são,
Os moleques são de floripa. (2x)

Só pra quebrar as barreiras,
Ultrapassar os limites,
Expandir todas as fronteira do que é possível pra um beat,
Só pra ver o bang ferve,
E vários braços no ar,
Pra neguinho vê e não esquece que floripa ainda é o lugar,
Nosso tema que é de ganja,
Nossa fortuna é a beleza,
Nossa cultura esbanja,
Respeito com a natureza,
Nossas mulher são formosa,
Nossas praias são linda,
Se ainda não se ligo,
Os moleques são de floripa,
Desacredito, perdeu, é nós no bum-clap
De tanto me agorar,
Agora tu canta meus rap,
Tua mina desse remexe,
Com o som dos moleques,
E quando dj não toca,
Vai na cabine e pede,
O som bate na caixa,
A pista entende o recado,
E nessa hora nem os mortos consegue fica parado,
Vem da ilha da magia devagar domina a fita,
Energia positiva, dos moleques de floripa.

Elas dizem que tá bom,
E neguinho desacredita,
Quando viu bateu o som,
Os moleques são de floripa,
A pista sente a pressão,
E rapidinho se agita,
E quer saber da onde é que são,
Os moleques são de floripa. (2x)

Quer saber de onde são,
De onde vem essa rima,
Quer cair na perdição,
Então vem pra floripa. (4x)

Elas dizem que tá bom,
E neguinho desacredita,
Quando viu bateu o som,
Os moleques são de floripa,
A pista sente a pressão,
E rapidinho se agita,
E quer saber da onde é que são,
Os meleques são de floripa. (2x)

Vídeo incorreto?