Qual será dessa morena
Que me olha e nem disfarça
Sinto algo diferente
Quando do meu lado passa
É estranha a sensação
Só depois de alguns segundos
Retomo a respiração

Quero troca uma idéia
Mas na hora eu travo
Não entendo o que acontece
Sempre fui desenrolado
Deve ser por que
A gente só se encontra
De manhã no buzão
E nessa situação
Não tem clima de azaração

Se fosse na balada
Era mais fácil e sem mistério
Mas acho que é melhor assim
Talvez não levasse a sério
Não sei se chego nela
É meio complicado
Vai que eu to enganado
Vai que ela tem namorado

A mão dela eu olhei
Pra ver se havia uma aliança
Notei que não tinha nada
Só vi que ostentava
Um lindo anel de prata

Durante uma das viagens
Até o final da linha
Ela se maquiava
E ficava mais lindinha
Sem reparar no tempo
Eu cuidava sem parar
E quando ela notava
Eu desviava o olhar

Tudo que eu queria
Era uma chance um momento
Pra gente conversar
E falar de envolvimento
Revelar meu desejo
De te levar sair
E quem sabe te um beijo
Mesmo que fosse no rosto
Na hora da despedida
Adoraria ter
Uma amizade colorida

E se ouviu ate aqui
É por que não apertou Stop
Obrigado pela moral
Hoje é meu dia de sorte
Se gostou ainda não sei
Mas já estou agradecido
Por ter apertado o Play

E se não curti um Funk
Por favor, aperta o Pause
E uma mensagem me manda
Que eu pego meu cavaco
E te canto um Samba

Você é maravilhosa
Mas isso não tem problema
Sou moleque atrevido
Ousadia é meu lema
Espero que um dia
Você seja minha mulher
Como diz um poeta
Só é necessário
Foco, Força e Fé...