Até a onde vai a ambição de um homem
O que faria você esquecer de Deus
Se a vaidade e a ganância te consomem
La do inferno alguém disse "Esse é meu"
Já tinha a favela na mão, mas ele ainda era pouco
Sonhava com status e fama, amigo e dinheiro no bolso
E sua tirania se espalharia por toda cidade
So irá se salvar quem fosse aliar e jurar lealdade
Como sempre fazia friso no terreiro com um pai de santo
Minha alma é o prato, avisa o diabo que agora ele é dono
E quando o seu sangue escorreu, caiu junto a lágrima de Deus
Na terra já sentiu a tristeza dos anjos

O céu chorou, num pacto, seu destino selou
O céu chorou, num pacto, seu destino selou

A TV tá chamando esse cara agora de playboy do crime
E a bola da vez, ele é como um rei, amostra na vitrine
Disse copo fechado e o carro blindado chama de brinquedo
Ostentando o ouro espalhado no corpo e mulheres no meio
O garçom traz bulg tiver que a noite só vai começar
O DJ anuncia que ele é relíquia e tá no lugar
Foi do jeito que ele sonhou, com o flash seu olho brilhou
Vendo toda maldade pra lá e pra cá
Saiu do camarote ninguém percebeu e foi no banheiro
Um toque la pra fora falou ''é agora neguim vem ligeiro''
Um arrepio na nuca, então ele escuta o morte te chamando
Vai, aperta a guia e quando se vira tromba no fulano
E no olho no olho vê a vida toda passar num segundo
Quem deve pro diabo vai pagar com juros

O céu chorou, num pacto, seu destino selou
O céu chorou, num pacto, seu destino selou

Até a onde vai a ambição de um homem
O que faria você esquecer de Deus
Se a vaidade e a ganância te consomem
La do inferno alguém disse "Esse é meu"

Vídeo incorreto?