Eu ao despertar do sono agradeço a Deus
Pelo dia que se passou e nada aconteceu
Mas viver na favela não é diferente
Tem que aprender a viver se quiser ser gente
Estou na disciplina sempre firme e forte
Maninho na favela cruzando pacote
Mas essa vida do crime para mim é difícil
É matar ou morrer é vida de bandido

Mas se tô na disciplina só confio em Cristo
Eu sempre tô com ele
Ele tá comigo
Mas se é pra viver assim
Assim sempre será
Mantenho a esperança disso terminar
Eu mantendo a consciência eu não tenho vício
Pra não viver no mundão
Tô junto de Cristo
Mas de cabeça erguida
E essa vida de bandido é correr da polícia

É vida de bandido...

Mas Deus está comigo e só quer meu bem
E se ele tá comigo contra eu ninguém
Mas sempre querem me desanimar
Entrar lá na favela quer me humilhar
Eles, eles estão ligados que o bond é nervoso
Se vir bater de frente, queima curioso
Mas o que me revoltam eles não querem ver...
E pra não dizer um montão só vou dizer
É matar ou morrer...

É vida de bandido...

Vídeo incorreto?