Bala para um prisioneiro


Adeus
Estou agora assistindo um sonho silencioso
Se apenas em diferentes circustâncias
Eu desejava estar
Com você

Seguindo sempre na mesma velocidade
Eu vejo a luz do dia surgir
Hesitação que eu tenho em meu dedo no gatilho
Está impedindo-me
Criminoso. Prazer, candidato
Não olhe para mim com esse tipo de categoria
Na sua frente, sou apenas mais uma mulher.

Estás mãos contaminadas
Não podem tocar você
Aqueles olhos fixos
Meu dedo a vacilar
Se ao menos eu nunca te conhecesse
Eu não deveria ter esse sonho
Meu coração ainda seria seco
E eu ainda seria cruel

As noticias monstram me cada vez mais
Seu nome e sua fotografia são exibidos como a vítima
Mesmo eu tendo empilhado cem pecados, ainda não consigo obter
Meu coração
Por que eu estou desejando algo desse tipo?

Deus, estou assistindo um sonho distorcido
Mesmo eu levando tudo pra longe de você
Você levou meu coração
O demônio rindo já não é a minha cara
Por favor, me dê um repouso eterno
Dentro desse sonho
Eu não preciso de compensação para entregar você
Apenas uma vez
Deixe-me ver seu sorriso

Adeus
Estou agora assistindo um sonho silencioso
Se apenas em diferentes circunstâncias
Eu desejava estar
Você nunca vai saber
Sobre estes sentimentos que eu tenho
Por favor, assista meu fim enquanto eu me afundo nos escombros

Adeus
Adeus
Adeus
Adeus...