Até quando estarás comigo?
Até quando irás duvidar de mim?
Meus olhos estão atentos
Não pense que não te compreendo.

Até quando os teus braços fracos
Pedirão por ajuda quando não há fé?
Na tempestade ou no deserto
Eu sempre estarei por perto.

Hoje sou eu que digo:
Pise nas águas e ande filho!
Venha de novo ao
Encontro do teu pai
Venha à mim sem medo...
Mais uma vez eu digo:
Nunca è tarde o bastante filho!
Sim, tua fé só eu posso renovar
Creía sem duvidar.

Vídeo incorreto?