Foi a guerra mais curta do mundo
Que causou tanta desilusão
Uma guerra de trinta segundos
Destruiu uma longa união

Foi um simples tapinha no rosto
E outras tantas ofensas banais
Que causaram um grande desgosto
Que na vida não mi deixa mais

Nesta guerra não houve feridos
Com espadas cravadas no peito
Houve apenas um lar destruído
E pra sempre um sonho desfeito

Como pode um amor tão profundo
Ter o fim de amargura e dor
Uma guerra de trinta segundos
Destruiu meu mundo de amor