Te amei
Como ninguém
Te amou querida
De ti o menor gesto adorei
Esqueci da própria vida...

Perfídia
Mandaste troca
Não esqueci
Das rosas, das orquídeas
Das violetas
Que eu dava a ti...

Distraída no ambiente luxuoso
Em que tu sempre vivias
Tu deixaste que murchassem
Minhas flôres
Meu bouquet de fantasia...

E agora
Que adoras a quem te magôa
Perdoas pelo bem que ti quis
Perdôa e serás feliz...

Distraída no ambiente luxuoso
Em que que sempre vivias
Tu deixaste que murchassem
Minhas flôres
Meu bouquet de fantasia...

E agora
Que adoras a quem te magôa
Perdôas pelo bem que ti quis
Perdôa e serás feliz...

Vídeo incorreto?