Eu namorei uma tal de Joana
Cabrocha boa lá do cariri
Mais esta nega não era sincera
Dei uma carreira nela
Não se pode "..."

Pega a danada acostumada a pegar bode
Eu corri tanto que me deu uma fadiga
E o barbado que paquerou ela
Se valeu foi das canelas entoando esta cantiga

Corre Joana, no meio da jetirana

Pai não tem nada qualquer dia eu pego ela
Dou-lhe uma viga com galho de urtiga
Eu quero ver o tal paquerador
Com pena do seu amor
Repetir essa cantiga

Vídeo incorreto?