No lengo lengo da sanfona do marreco
Não me aquieto
Não digo não pra cavalheiro
Vai que da certo nesse forrozinho da gota
Vem ca garota, eu to naquela

De madrugada boto o sapato no prego
Dou uma rasteira na nega
E é ai que o bicho pega

O bicho pega, o bicho pega
Enquanto a sanfoninha toca
Eu lavo a égua

No trinlilingue, trililingue do triangulo
Lengo, lengo do fole
Não pense que vou parar
Zabumbeiro vai castigando no coro
Pau no coro, pau nas coxas, até o bicho se furar

Segura o bicho, segura o bicho
Segura o bicho, que o bicho pega

E oia o bicho, e oia o bicho
E oia o bicho, que o bicho pega

Vídeo incorreto?