Parei de pensar em ser
Algo que nunca eu jamais poderia ser
Imagens, mentiras, bobagens
Cansei de viver
Em mundos inconstantes
Quebrados, com feitiços taxados

São lamentações, falsas emoções
Ligadas ao uma neurose sem cura, sem dor, sem fim
Fui ficar sombrio, fui ficar sem chão
Por falsas bobagens que cercam meu coração, meu coração...

Cansei de tentar dizer
Possíveis versos que jamais podem se esquecer
Por falsas idéias cruas
Não convém deixar que essa identidade venha por si só, me atormentar

São lamentações, falsas emoções
Ligadas ao uma neurose sem cura, sem dor, sem fim
Fui ficar sombrio, fui ficar sem chão
Por falsas bobagens que cercam meu coração, meu coração...

Só posso lembrar que
As condições da neurose podem me trazer de volta
Mas não que mais...

Vídeo incorreto?