A estrada


Depois das doze, não estou muito bem
Não vou fingir
Que é muito cedo para falar
O que está acontecendo
Sem vergonha de encarar
Qualquer coisa para não ter
Que te perseguir
de novo

Você sabe
que nada dói tanto quanto perder
Quando você sabe que já se foi
Exceto a dor de escolher
De agüentar por muito tempo

Eu tentei do seu jeito
Mas eu não tenho nada para mostrar
Está tudo igual, igual
E a história está ficando velha
Então eu acho que a estrada
Vai ser o fim do caminho
Para nós já está tarde demais
Deixe os créditos aparecerem

Muito para falar, mas não hoje
Deixe o rádio quebrar o silêncio
Conforme nós dirigimos
Um beijo de tchau, agora não
Não me lembro
Sobre essa música que
eu gostava

Você sabe
que nada dói tanto quanto perder
Quando você sabe que já se foi
Exceto a dor de escolher
De agüentar por muito tempo

Eu tentei do seu jeito
Mas eu não tenho nada para mostrar
Está tudo igual, igual
E a história está ficando velha
Então eu acho que a estrada
Vai ser o fim do caminho
Para nós já está tarde demais
Deixe os créditos aparecerem

Eu pensei que talvez
Nós estivéssemos indo a algum lugar
Mas nós continuamos em lugar nenhum
Eu te assisto, as luzes se esvaem
Eu tento mas nada acontece
Eu me lembro como é
Conhecer o amor
E ter ele tirado
Eu não sei
o que eu aprendi agora
Mas eu te
agradecerei algum dia

Eu tentei do seu jeito
Mas eu não tenho nada para mostrar
Você sabe
Está tudo igual, igual
E a história está ficando velha
Então eu acho que a estrada
Vai ser o fim do caminho
Para nós já está tarde demais
Deixe os créditos aparecerem

Deixe os créditos aparecerem

Então eu acho que a estrada
Vai ser o fim do caminho
(Vai ser o fim do caminho)

Vai ser o fim do caminho
(Vai ser o fim do caminho)