Cansei de esperar por ela
Toda noite na janela
Vendo a cidade a luzir

Nestes delírios nervosos
Dos anúncios luminosos
Que são a vida a mentir

E cada vez que subia
O elevador não trazia
Essa mulher, maldição

E quando lento gemia
O elevador que descia
Subia o meu coração

Cansei de olhar as reclames
E disse ao peito não ames
Que o teu amor não te quer

Descansa, feche a vidraça
Esquece aquela desgraça
Esquece aquela mulher

Deitei-me então sobre o peito
Vieste em sonho ao meu leito
E eu acordei, que aflição

Pensando que te abraçava
Alucinado apertava
Eu mesmo meu coração

Vídeo incorreto?