Ri, podes ri, não faz mal
Todo o amor, afinal
Deixa um peito sangrando
Um coração chorando
Alguém se lamentando
Ri, quanta gente infeliz
A sorrir, ninguém diz
Leva a vida cantando
A própria dor negando
O seu amor calando
No picaeiro, ao léu
Palhaços sem papel
Somos todos nós falseando a voz
E a platéia chora rindo

Vídeo incorreto?