Se as ondas do mar, Vi em tentar te naufragar.
Tentar tua vida, Fechar as saídas, Te fazer refém.
Como o servo que sou vejo além do Senhor aqui
Tocando em tua vida, Sarando feridas trazendo o bem.

Mesmo o forte vendaval, com toda a fúria do mal.
Não te fará desistir, de prosseguir, de insistir.
Mesmo sendo pela fé, podes ter o que quiser.
E conquistar o que o mal levou

Eu quero de volta o que e meu
Combater operários filisteus
Meu ouro, minha prata, meu tesouro.
Tudo o que o mal levou

Causaram em mim tamanha dor
Mas Deus me refez do que restou
Eu vou com o exercito da glória festejar
Ser vencedor, ser vencedor.

Mesmo o forte vendaval, com toda a fúria do mal.
Não te fará desistir, de prosseguir, de insistir.
Mesmo sendo pela fé, podes ter o que quiser.
E conquistar o que o mal levou

Eu quero de volta o que e meu
Combater operários filisteus
Meu ouro, minha prata, meu tesouro.
Tudo o que o mal levou

Causaram em mim tamanha dor
Mas Deus me refez do que restou
Eu vou com o exercito da glória festejar
Ser vencedor, ser vencedor.

Eu quero de volta o que e meu
Combater operários filisteus
Meu ouro, minha prata, meu tesouro.
Tudo o que o mal levou

Causaram em mim tamanha dor
Mas Deus me refez do que restou
Eu vou com o exercito da glória festejar
Ser vencedor, ser vencedor.

Com o exercito da glória vou ser vencedor

Vídeo incorreto?