Quando a árvore dá frutos
Ela é sempre bem vista
Muitas pedras nela atiram
Enquanto não verem os frutos
Espalhados pela terra
Não se conformam, não mesmo
Assim é minha vida
Sou uma árvore frutífera

Que o Senhor aqui deixou
Se por muito perseguida
Jogam pedras em minha vida
Mas não me afasto do Senhor

Com as pedras que me atiram
Eu faço um altar
Cuido em arrumar as pedras
Deixo tudo organizado
Para poder com Deus falar
Com as pedras que me atiram
Eu faço um altar
e neste altar tão santoo
Falo com Deus soberano
Que a vitória vai me dá

Quando a árvore é estéril
Quase não é vista
Pois frutos ela não dá
A figueira que é estéril,
Ela não serve pra nada
Jesus há de cortar
Se você é uma árvore que é próspera e dá frutos.
Te prepara oh!irmão, ainda que te atiram pedras
Lindo será o teu fruto
E também o teu galardão.

Vídeo incorreto?