É de doer, é de chorar, tanta aflição
arde em meu peito, esse desejo, do coração
Já pedi tanto, que minha esperança
quase acabou, só desespero e ansiedade
é o que restou

É de doer, é de cortar, o coração
quando se tem uma esperança, e se escuta um não
sei não sou forte, mas vou lutando ate conquistar
minha vitória e um sim de Deus
vai me consolar

Quando se pede, e não recebe
tristeza vem, medo da vida
como será o outro dia que vem
mesmo cansado, despedaçado
deve-se orar, a oração é
dinamite, nas mãos de Jeová

Vídeo incorreto?