Numa boate era quase meia-noite
Eu fui beber para esquecer quem me esqueceu
Quando vi sentada em uma mesa em minha frente
Uma mulher com um problema igual ao meu.
Ao meu convite ela veio em minha mesa
Uma cerveja foi o brinde a nossa dor
E na espuma que cobria os nossos copos
Um velho amor cedeu lugar a um novo amor.

Porém o dia amanheceu e ela se foi
Para um lado, para o outro eu segui.
Nunca mais ela quis saber de mim
Notícias dela nunca mais eu consegui.
Queria tanto encontrá-la novamente
Mas não consigo descobrir onde ela esteja.
O nosso amor que nasceu entre dois copos
Morreu depressa como a espuma da cerveja.

Vídeo incorreto?