Rasqueado

Não sei porque fui amar a mulher que não me ama
No palco do sofrimento eu vivo meu triste drama -
Meu suspiro sai dobrado, no rosto o pranto derrama
Minha dor é tão enorme
Ao saber que ela dorme com outro em sua cama

Aquele que com carinho ela chama de meu bem
É um cego que não enxerga sem ver a mulher que tem
Esta dormindo com ela sonhando com outro alguém
Ela sofre, não reclama
Desprezada por quem ama me dá o desprezo também.

Ela chora em silêncio e a sua dor não revela
Ao sentir em seu amado perfume que não é dela
Ele só pensa na outra eu penso somente nela
Esse amor quadrangular
Um dia vai se acabar e eu vou ficar com ela.

Vídeo incorreto?