O relógio conta as horas sem cessar
Me distanciando mais ainda de você
Mesmo que ele pare, a vida não vai
Parar
Vejo que nada pode me trazer você

Então meus lábios, sentem a falta
Dos seus
E o meu corpo, reclama o calor do seu

A saudade fura o peito como um tiro
Volta, volta

Também não dá pra esconder as
Lágrimas nos olhos
Nem a tristeza que não dá pra
Desfaçar
Até dormindo o meu peito geme chora
Eu te confeço que tô louca pra
Voltar

Me dá notícia manda um sinal de vida
Vê se me liga pra me dar só um alô
Eu, a noite, a solidão que me devora
Tô carente me devolve o meu amor

Não deixe o relógio correr
Não deixe o sol se esconder
Refrão
Vem me amar, ah ah (bis)me amar, me amar

Vídeo incorreto?