Eu tô que tô numa solidão danada
Nunca passei na vida tanto sufoco
Essa saudade corta mais do que espada
Meu sofrimento é uma coisa de louco
O coração já não suporta tanta dor
Sem esse seu amor, a vida perdeu a graça
Tenho no peito um coração a soluçar
E vivo de bar em bar
Mergulhado na cachaça

Aí eu choro, choro, choro, choro de paixão
Aí eu sofro, sofro, sofro, sofro feito cão
Aí eu brigo, eu brigo, eu brigo com a minha solidão
Ah, meu amor, não faz assim comigo não

Vídeo incorreto?