São pedaços de uma vida,
Traços de uma estrada esquecida
Na distância de uma árvore
Sozinha, abandonada
Em dias de sol, sombra lembrada
Em dias de sol, sombra lembrada
São pedaços de um amor
Que o tempo abandonou na solidão
Alegria não existe
Aparência de homem triste de coração
De braços abertos, vou te esperar
De braços abertos, vou te esperar
Pra gente amar

Como chuva fina que demora muito pra passar
Lentamente vai marcando minha vida
Vai saudade me pisando devagar
Como chuva fina que demora muito pra passar
Lentamente vai marcando minha vida
Vai saudade me pisando devagar

São pedaços de um amor
Que o tempo abandonou na solidão
Alegria não existe
Aparência de homem triste de coração
De braços abertos, vou te esperar
De braços abertos, vou te esperar
Pra gente se amar

Vídeo incorreto?