Paciência letal - moreno souza

Tantos rostos e tralhas
Num vasto campo de batalhas
Destino que a vida, encara
Egoístas, estúpidos
Bravateiros fanáticos
Que a guerra, declara

Mas a vida é essa luta
Uma batalha feroz desigual
Uma guerra de nervos e falhas
Paciência, ciência letal

Fazem de cegos e surdos
Vez em quando são mudos
Invisíveis, se dizem sábios
Sabedoria obscura
Que num ímpeto de fúria
Erros absurdos, são vários

Mas a vida é essa luta
Uma batalha feroz desigual
Uma guerra de nervos e falhas
Paciência, ciência letal

São os mesmos que sofrem
Que pela guerra não torcem
Os que fazem parte, da massa
Mas a fé é mais forte
Fortemente mais que a morte
Que o homem dominante, declara

Mas a vida é essa luta
Uma batalha feroz desigual
Uma guerra de nervos e falhas
(são milhares de mortos e inválidos)
Paciência, ciência letal