Flux / furacão mental


Eu quero que você desça
Eu quero que você caia
Eu quero ser o fim
- De tudo que você já fez.

As cidades que eu construí,
As florestas que cultivei,
Foram manchadas pela sua imundice
E agora cheiram como vocês.

Vocês fedem!
Exatamente!
Como!
Os porcos que são.

Quanto tempo? Quanto tempo?
Até que ponto você está disposto a ir?
Quanto? Quão árido?
Eu vi os olhos do diabo
- E eles são você.

O mundo me expulsou.
Eu vejo as suas faces na areia.
Mas se eu chegar,
Vocês irão quebrar minhas mãos.

Eu quero que você esteja aqui,
Eu quero que você desça,
Esta mente patética feito esfera,
Um final perpétuo.

Eu quero ser o fim
- De tudo que você já fez.