Inteligência secreta dentro da selva concreta paulista
Revolução tá na televisão, guerra a vista
Aqui as ruas olham, aqui as ruas falam
Daí as balas voam e aí as bocas calam
Mendigos dividem espaço com baratas e ratos
Vidro quebrado nas calçadas urinadas e os fatos
Cidade queima, calor em cada esquina
Cliente tem dinheiro, escolhe puta ou cocaína
Da zona oeste pra leste, da zona norte pra sul
São Paulo é peste, mais morte que Cabul (por que?)
Porque o Talibã daqui é pior que o de lá
Nego te sobe por dinheiro sem rezar por Alá
Na terra da garoa onde a chuva é ácida
Aqui a vida é boa, mas é curta e rápida
São Paulo, SP
É como o Discovery Channel, eu vejo a selva na TV

Refrão (2x)
São Paulo, SP, capital paulista
Cidade capitalista
São Paulo, SP, capital paulista
Você só é com capital na lista

O Campo não tá Limpo, e não é Bela a Vista
A Barra já tá Funda aqui na capital paulista
Troca de tiro, Bom Retiro, treta de imigrantes
Depois que o cano cospe nada fica como antes
Basta estar vivo pra morrer então não facilite
Pois nessa Tela Quente todos vivem no limite
Do banco, da vida e da velocidade
Vejo muita correria todo dia na minha cidade
Mina vivendo fácil em Sampa 'cê encontra
Amor não tem preço, mas o Mastercard compra
Moleque de 11 anos doido faz acontecer
Troxa duvida, faz aposta, quer pagar pra ver?
Desde quando idade é documento nessa terra?
Da garoa, da maldade, onde o ferro berra
Com a força de um touro, perigo de uma Taurus (Sampa)
Versão urbana do Parque dos Dinossauros

Refrão (2x)

(Alô) Mas nem tudo é ruim aqui nessa cidade
O povo vive mesmo passando necessidade
Nasci nessa cidade, vou correr nessa cidade
Cresci nessa cidade, vou morrer nessa cidade
Na capital do estado, só hospital quebrado
O povo vive sem escola e desempregado
Corrupção na polícia, no cérebro da nação
Poluição, falta oxigênio no pulmão
Mas irmão, alguma coisa acontece no coração
Quando vejo um graffiti no muro na São João
Na São João ou na São Bento, da cultura o nascimento
(Na Luz) Pedreiro não faz mais cimento
Movimento, tem quem vende, quem compra, rápido como um raio
Entende quem compra CD na 24 de Maio
Na cidade com falsidade como na Pagé
Malandragem abençoada na Praça da Sé

Vídeo incorreto?