É o blues do Satanás...
Arruba!
É isso aí amigos...


Estava eu e a malária reunida
Em torno da fogueira, madrugada quase dia
Quando ouvimos um barulho na floresta
Esta hora ninguém mais dormia
Resolvemos chegar mais perto pois a noite ninguém nada via

Realmente era algo estranho
Um animal este barulho não faz
Senti o cheiro do enxofre e o calor do fogo
O clima não era de paz
Quando vi o clarão vermelho logo percebi que era o Satanás

É o Blues do Satanás
Blues do Satanás
É o Blues do Satanás
Blues do Satanás
É o blues do capeta do inferno que acabou de chegar
Coloquem mais gelo na cerveja que o clima começou a esquentar

(Solo)

Teve caboclo que sujou a calças e logo Satã nos falou
''Tenho boas proposta e vim em paz''
Resolvemos dar uma chance ao rapaz
''Senta aí seu Satã, pegue uma cerva e conte o que você faz''

Satanás começou a se embriagar
Virou um bêbado chato, pé no saco
Mais uma religião babaca
Ele quer pregar pra meu dinheiro roubar
Piores que o Capeta já nos bastam alguns padres e pastores

É o Blues do Satanás
Blues do Satanás
É o Blues do Satanás
Blues do Satanás
É o blues do capeta do inferno, e ele quer me enganar
A concorrência aqui na terra é muita para um mero Satanás

(Solo)

Satanás despertou a ira da Malária
Eu acho que esse cara vai tomar é porrada
Garrafadas, pauladas e pedradas
Esfolaram vivo o cara
Depois jogaram seu corpo lá nas cavas do Boqueirão


É o Blues do Satanás
Blues do Satanás
É o Blues do Satanás
Blues do Satanás
É o blues do capeta do inferno que aqui não quer mais voltar
As cicatrizes da terra vão demorar pra curar

É o Blues do Satanás
Satanás
Satanás
Satanás
É o blues do capeta do inferno, que aqui não quer mais voltar
A concorrência aqui é grande

O inferno ainda é um bom lugar

Eu subo no palco com o Diabo

Vídeo incorreto?