Mudando a sorte, nadando contra à maré
Na hora do mosh, abriram mais eu fui de pé

Muito murro na ponta de faca eu dei, mas agora...
Agora é minha vez!
Fui aprendendo com os tombos da vida,
E muita gente puxando meu tapete
Aprendi a nadar com os tubarões,
E também a enfrentar os meus leões
Aprendi a dar valor à vida
Nesse país pro preto pobre todo dia é uma briga
Sem garantia,
Mas nessa briga,
Agente lída,
Precisamos viver, só assim nossos herdeiros terão
Dois caminhos pra escolher

Oh, oh, oh, oh, oh, oh
Tire o fantasma da sua cabeça
Oh, oh, oh, oh, oh, oh
Ganhe espaço se fortaleça

Mudando a sorte, nadando contra a maré
Na hora do mosh, abriram mais eu fui de pé

A fé é forte,
O santo é forte,
Mas Deus ajuda a quem cedo madruga
Olhe para o céu com esperança, e nessa aliança,
faça a sua parte valer
Como disse Dante: ´´A estirpe não transforma
indivíduos em nobres,
mas os indivíduos dão nobreza a mesma``
Tudo o que você plantar,
Tudo o que você colher,
Tudo o que na fé levar,
Na fé vai se fortalecer
Muda, mudar, mudar que o mundo muda
Vai vir de você
Muda, mudar, mudar que o mundo muda
Seus filhos vão ver

Vídeo incorreto?