Era uma vez um cara diferente
As suas manias pouca gente entende
Vive assim (por quê?), ele é o Sunda
Se marca bobeira vai deixar você corcunda
Sua vida inteira é reconhecido
Como um cara louco que só vive a perigo
Muita gente diz, cuidado com o Sunda
Se você der mole ele fura a sua sunga
No acampamento ele era genial
Traçava todo mundo e dizia que legal
Muitos assustados perguntava ele quem era?
Eu sou o Sunda
Se der mole tu já era

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Sunda tem a fama de ser um garanhão
Quando ve alguém só olha pro bundão
Um amigo meu era normal fico corcunda
Como aconteceu?
Foi o tal do Sunda
Mesmo sendo um garoto e tendo pouca idade
No bairro todos tinham cinto de castidade
Única maneira pra ter proteção
Contra o doutor Sunda, o bicho papão
Mas não se usava o cinto o dia inteiro
Tinha que tirar pra ir no banheiro
Lá já estava (quem?) o super Sunda
Na boca da espera, pra deixar você corcunda

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Chegou um belo dia, do seu aniversário
Chamou o bairro inteiro mas só foi otário
Todos lá cantando parabéns amigo Sunda
O molde do seu bolo só podia ser uma bunda
Essa foi a história de um cara gostosão
Quando foi embora teve comemoração
Mas se você notar alguém olhando sua bunda
Abra bem os olhos
Que pode ser o Sunda

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Cuidado com o Sunda
Proteja-se do Sunda
Se marcar bobeira ele...

Vídeo incorreto?